Recife Frio

O curta-metragem Recife Frio (24 min), produzido pelo diretor e roteirista Kleber Mendonça Filho, assim como Eletrodoméstica (2005) e Noite de sexta, manhã de sábado (2006) foi super premiado. Melhor curta curta no Grande Prêmio do Cinema Brasileiro, melhor filme pelo público e melhor roteiro no Festival de Brasília.

A princípio, aparenta ser um documentário sobre mudanças climáticas. Entretanto, o diretor utiliza essa temática para fazer uma críticas às relações socioculturais que sempre giram em torno do capital.

Brilhantemente, o documentário, corelaciona patrão e empregado com a Casa Grande e Senzala, isto é, destaca que quem detém o poder econômico se sobrepõe aos que não o possuem. Além disso, com um tom sarcástico, mostra a conveniência burguesa de objetivar o lucro através do caos socioambiental.

Por ser um filme bastante crítico, é extremamente importante que todos assistam para refletir a sua atuação na sociedade contemporânea.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s