Tô nem aí pra Copa, eu tô é aqui!

O racismo não tira férias e muito menos recesso. Foi só Marcelo – jogador do Brasil – fazer gol contra , para os racistas de plantão manifestar sua raiva por conta do erro do jogador negro. E no twitter só se via “tinha que ser preto”. É só o começo.

O Desabafo Social (DS) abraçou a ideia do Imagina na Copa e irá fazer intervenções, colocando em pontos estratégicos das cidades-sedes o que está rolando pelo Brasil. Seja os gastos absurdos com a Copa, seja as meninas rifadas em Manaus.

Antes de fazer a ação de enfrentamento à exploração sexual no Farol da Barra, resolvi tirar algumas xerox dos cartazes que o DS irá colocar pelas ruas. Para meu azar, já que hoje é sexta-feira 13, antes de chegar ao Farol, a Polícia resolveu revistar minha mochila, viu os cartazes e simplesmente rasgou. A justificativa foi: Não pode divulgar nada que não tenha autorização.

Até ai menos mal. Com o slogan “Abra a felicidade”, a Coca-cola contrata jovens negros, moradores do Calabetão e Cajazeiras, para trabalhar das 6h às 20h, pagando R$ 40,00 o dia. Sem direito a café da manhã, os trabalhadores almoçam às 16h, comendo na mão porque não dão talheres e às 17h comem o lanche ( pão com mortadela, sem margarina). Não ouse sentar. Não ouse sair do lugar para comprar seu lanche. E muito menos ouse ABRIR A FELICIDADE sem pagar, mesmo se você estiver com sede ou fome.

Tô nem aí pra Copa, eu tô é aqui! E as coisas só pioram.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s