E agora? Será que os estudantes terão direito de resposta?

No início de setembro estive contando minha experiência com o Desabafo Social no Encontro Internacional de Educação – Encontro 360º, na Escola SESC de Ensino Médio em Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Tive a oportunidade de conhecer projetos e pessoas incríveis. Mas também a infelicidade de ouvir Gustavo Ioschpe.

Ele é contra o ensino da Filosofia, Sociologia e afins porque acredita que atualmente não interessa criar um sujeito crítico e sim uma pessoa que saiba as noções básicas de matemática para garantir o desenvolvimento do país. E pior, disse que o aluno mais inteligente da turma nunca vai querer ser professor. Isso doeu! Além disso, ele afirmou que um analfabeto não possui conhecimentos, ou seja, desvaloriza a educação e cultura popular. Que cara é esse? Ainda bem que o professor Ismar de Oliveira estava dividindo mesa com ele e discordava a cada fala de Gustavo. Bial também estava na mesa, mas a única coisa sensata que falou foi “Eu também sou um idiota, apresento o Big Brother Brasil.”

E para continuar o palanque dele, ele escreveu um artigo atacando os estudantes da Escola SESC.

“Qual não foi a minha surpresa quando, ao terminar, fui interpelado por uma meia dúzia de adolescentes, na faixa dos 15 anos, alunos daquela escola, dizendo-se indignados com meu desprezo por milênios de linguagem oral, meu menosprezo pelos analfabetos (“Então o senhor acha que é preciso ler para ter conhecimento?!”) e minhas críticas ao “grande” modelo cubano. Sim, sim, tem bastante gente ainda pensando assim em 2014, não estou brincando!”

E mais..

“Certamente não conseguirão fazer o mesmo nem saberão que seu filho está sendo vitimado pela historiografia marxista, ou mesmo que há outras historiografias possíveis.”

Artigo completo: Estamos acabando com o país

Esse Gustavo escreveu o livro O que o Brasil vai ser quando crescer? falando sobre educação e desenvolvimento. Imaginem só a loucura.

Os estudantes convidaram Gustavo para fazer uma palestra na Escola e debater mais sobre o tema Educação Brasileira. Como você vão ver no artigo dele, os meninos e meninas da Escola SESC foram atacados por ter opiniões diferentes da dele. Será que ele vai? Será que os estudantes da Escola SESC terão direito de resposta? Ou pior, será que esses estudantes serão punidos pela Escola?

Vamos aguardar.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s